Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet
Exclusivo

Mãe de Lexa confirma fim de processo após golpe de trio elétrico no Carnaval de 2019

Quatro anos depois, a batalha judicial entre a cantora e o produtor Sebah Vieira finalmente chegou ao seu desfecho

A batalha judicial entre Lexa e o produtor Sebah Vieira finalmente chegou ao seu desfecho, quase quatro anos após a artista viver um pesadelo durante o Carnaval de 2019. Na ocasião, ela havia contratado um trio elétrico para um show em São Paulo, porém, o veículo não foi disponibilizado.

A vitória de Lexa na ação foi confirmada ao portal LeoDias pela mãe da cantora, Darlin Ferrattry, que expressou o alívio após o veredito favorável. “Chegou ao fim o processo que era movido referente ao trio após quase 4 anos e finalmente tivemos o pedido de desculpas oficial do Sr. Seba postado em sua rede do Instagram. E agora podemos seguir mais leves nossas vidas”, disse Darlin à nossa reportagem.

O caso 

Na época do incidente, Lexa utilizou as redes sociais para desabafar sobre o ocorrido, alegando ter sido vítima de um golpe. O episódio desencadeou uma onda de solidariedade entre outros artistas, incluindo a renomada cantora Preta Gil, que gentilmente cedeu o seu trio elétrico para Lexa, permitindo que a artista cumprisse seu compromisso com o público no Carnaval de São Paulo. 

“Estou aqui me arrumando. Na verdade, esta é a terceira maquiagem que eu faço, de tanto que já chorei e me senti prejudicada, hoje. Trabalhei muito para pagar esse trio e a pessoa responsável sumiu com o meu dinheiro e sumiu com o trio”, disse a cantora na época.