Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet
Exclusivo

Vai um sacolé aí?! Prima de Mumuzinho larga a enfermagem e dispara em vendas de sacolé no Rio

Hoje, Pretinha tem como clientela nomes do meio artístico como Mariana Ximenes e Xande de Pilares

Das duras críticas recebidas no passado nasceu o Sacolé Gourmet, hoje o empreendimento que movimenta a vida financeira de Silvana, também conhecida como Pretinha, prima do pagodeiro Mumuzinho que virou referência no Rio de Janeiro em produção e venda de um dos produtos mais populares das praias e do verão no Brasil, com uma lista de clientela que vai de Xande de Pilares a Mariana Ximenes. 

Nascida e criada em Realengo, hoje Pretinha, aos 40 anos, faz a vida em Paciência, Zone Oeste da cidade carioca. Antes de fazer do sacolé o seu trampolim para o sucesso comercial, ela enfrentou adversidades impostas por um dilema: abandonar ou não a profissão de Técnica de Enfermagem para se aventurar no empreendedorismo? Estimulada por um sonho, ela pediu demissão e se jogou de cabeça na ideia de fazer dinheiro com um produto.

Com baixo investimento, sua primeira grande conquista foi conseguir um espaço para oferecer seu produto em uma festa infantil. A barraquinha usada para a ocasião foi construída a partir de muito esforço, com o pouco dinheiro que as vendas tinham lhe rendido até então. No entanto, a estrutura montada destoou do luxo que dispunha o evento. Sob olhares críticos, Pretinha se sentiu incomodada. 

“Chego até a me emocionar contando essa história”, disse ela ao relembrar a história ao portal LeoDias. “Fui no banheiro e chorei muito, por que ali estava todo o meu dinheiro. Ao final da festa, o dono veio falar comigo”, contou ela.

O homem, no entanto, destacou como único ponto positivo a qualidade incrível do sacolé de Pretinha. “Ele começou a me indicar vários fornecedores para melhorar a minha estação. Mas Sacolé Gourmet? E agora, eu paro ou continuo?  Tomei força com as críticas construtivas e me levantei. Fui pra rua vender sacolé no carnaval, comecei a vender para amigos e familiares, fui juntando um dinheiro para melhorar o meu tal “/cartão de visita”/”.

Pretinha foi atrás de especialização, fez cursos, mas ainda está na batalha, sem espaço físico ou freezer o suficiente para sua alta demanda. “Já realizamos mais de 10 casamentos, hoje consigo realizar sonhos de mães de debutantes, noivas, festas infantis e artísticos também”, diz ela, que atende nomes como Paolla Oliveira e Regina Casé,  além dos já mencionados acima.

Numa dessas, um contato com Mumuzinho, seu primo, fez sua história ganhar novas páginas de progresso. Mumuzinho quis entender a evolução do negócio de Pretinha. Interessado pelo projeto, o pagodeiro investiu em uma nova ideia para impulsionar ainda mais. A partir de então, o Sacolé Gourmet passou a ser vendido nos eventos do artista. 
 

“Mumu é de uma humildade fora de série.  Tudo que eu penso em fazer hoje, eu vou lá e mando mensagem, sempre solicito e ele me responde, me dá uns toques…”, disse ela, empolgada com o novo momento. “E sempre que tem algum evento do Mumu a Sacolé Goumet estará lá com o maior prazer do mundo”. 

Veja as fotos

Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Tags: