Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian
Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian

Mãe de Eliza Samudio pede para não vincularem neto ao goleiro Bruno

Sônia Moura soltou carta aberta nas redes sociais

Há 13 anos, o assassinato brutal de Eliza Samudio chocou o Brasil e o goleiro Bruno, na época namorado e condenado pelo crime, deixou um filho com a modelo, Bruninho, que hoje também é atleta e foi personagem de uma carta aberta marcante de sua avó. No documento, ela pede que o neto não seja associado ao goleiro.

Sônia Moura, mãe de Eliza Samudio, cria o neto que hoje é goleiro das categorias de base do Athletico-PR, mesma profissão do pai. Vendo várias vezes a vinculação do nome de Bruninho ao goleiro Bruno, a avó foi às redes sociais pedir para que não vinculem o nome do neto ao pai.

“Na condição de avó e tutora legal de Bruninho, eu Sônia Moura, venho por meio deste solicitar à toda a imprensa e veículos de comunicação que toda e qualquer nota em referência ao meu neto e jogador de futebol na posição de goleiro, seja citado como filho de Eliza Samudio!!!”, escreveu.

Relembre o caso 

Em julho de 2010, o Brasil ficou chocado com o desaparecimento de Eliza Samudio, na época namorada do goleiro Bruno, titular e um dos principais jogadores do Flamengo naquele momento. As suspeitas começaram a aparecer e as provas levaram até o atleta, que sequestrou e mandou assassinar e ocultar o cadáver da modelo.

Em 2012, o goleiro reconheceu a paternidade de Bruninho e, no ano seguinte, foi condenado a 22 anos e três de prisão por homicídio, ocultação de cadáver, sequestro e cárcere privado. Tanto a família de Eliza, quanto o goleiro já pediram exames de DNA para anular a paternidade do goleiro e até Bruninho já buscou alterar seu nome para não ter vínculo com o pai.

Veja as fotos

Reprodução/R7
Reprodução/R7
Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook
O Globo
O Globo