Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian
Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian

Treta antiga: Seedorf ignora pergunta sobre o Botafogo, seu ex-time. Entenda!

Jogador atuou no alvinegro entre 2012 e 2013 e chegou a colocar o clube na Justiça

No último sábado (16/12), lendas de Milan e São Paulo se reuniram para um jogo festivo no Morumbi, em homenagem aos 30 anos do confronto entre os clubes pela final do Mundial Interclubes de 1993, que coroou o título tricolor. Um dos presentes, Seedorf, deu passe para gol e foi um dos destaques em campo, mas quando perguntado sobre seu ex-clube, Botafogo, o craque holandês surpreendeu e se calou.

Ao final da partida que teve a vitória são paulina por 4 a 1, Seedorf foi entrevistado ao vivo sobre a campanha botafoguense no Brasileirão deste ano, mas se recusou a responder e saiu andando: “Errado, errado. Pergunta errada”, disse Seedorf, balançando a cabeça negativamente.

A situação incômoda já havia acontecido no dia anterior, de acordo com o GE.com. O ex-jogador esteve na Zona Oeste do Rio de Janeiro para anunciar uma parceria com a escola Toque de Futuro, mas optou por não falar sobre o Botafogo.

Treta com o Botafogo (?)

A situação entre Botafogo e Seedorf, na visão do torcedor, é das melhores. O craque holandês esteve por dois anos no futebol carioca, entre 2012 e 2013, levando o alvinegro rumo ao título estadual, além da classificação para a Libertadores de 2014, feito que não acontecia desde 1996.

A saída de Seedorf acabou por ser polêmica, quatro anos após a sua partida. Em 2018, o ex-jogador entrou com uma ação na Justiça contra o Botafogo, cobrando o pagamento dos direitos de imagem, que teriam causado problemas com o fisco italiano ao deixar de reter os tributos na fonte, além de danos morais e materiais. O valor total chegou a R$ 3,97 milhões.

Em primeira instância, o Botafogo acabou sendo condenado a pagar parte do valor (R$ 2 milhões), mas após recurso impetrado pelo alvinegro e julgamento realizado no Tribunal Regional do Trabalho da 1ª Região, o clube ficou livre de dívida com Seedorf.

Seedorf no Botafogo. Por quê?

O Botafogo foi o último time de Seedorf, no qual ele chegou em 2012 com status de estrela. Em entrevista para o GE.com, em meados de agosto, ele contou sobre o porquê decidiu vir ao Brasil:

“Botafogo se apresentou. Eu não participei muito. Meus agentes que estavam conversando. O projeto [me convenceu]. O fato de ter ficado muitos anos fora da Libertadores, de ter muitos jogadores históricos como Garrincha. O fato de vir jogar no Brasil um país que eu sempre admirei como criança, era um sonho para mim. Eu queria jogar futebol”, disse Seedorf.

O craque tem um carinho especial pelo Brasil:  “É preciso valorizar mais o futebol sul-americano. O Palmeiras perdeu para o Chelsea dois anos atrás, mas o Chelsea sofreu. Acreditar que você pode ganhar é importante. Fiquei no banco porque precisava. 44 jogos a cada três dias, quem aguenta?”, completou, sobre o ritmo frenético de jogos no Brasil.
 

Veja as fotos

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução