Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Cantor sertanejo João Carreiro morre aos 41 anos

O músico sofreu complicações durante cirurgia cardíaca nesta quarta-feira (3/1) e não resistiu

João Carreiro, uma das vozes mais conhecidas de Mato Grosso do Sul, morreu após passar por procedimento de colocação de válvula cardíaca nesta quarta-feira (3/1). O cantor estava internado em estado grave e lutando pela vida, porém não resistiu. A notícia foi confirmada pelo empresário dele.

Nas redes sociais, o cantor compartilhou que passaria por uma cirurgia para corrigir um prolapso na válvula mitral, anomalia cardíaca conhecida como sopro no coração. Durante o procedimento, sua mulher Francine Caroline chegou a comentar que tudo parecia ir bem. 

“O coração dele já está funcionando sozinho com a nova válvula”, disse Francine, por volta das 17h. No entanto, duas horas depois, por volta das 19h, ela reapareceu pedindo apoio dos amigos e fãs do cantor. “Orem pela vida dele, pelo amor de Deus”, disse.

Natural de Cuiabá, Mato Grosso, João Carreiro é considerado uma das vozes mais marcantes do sertanejo nacional. O músico ganhou fama com a música O Bagulho é Louco, Mano, que acumula 18 milhões de visualizações no YouTube. 

Na sequência, o sertanejo fez dupla com Capataz, nome artístico de Hilton Cesar Serafim da Silva, com quem lançou o sucesso Bruto, Rústico e Sistemático, que foi tema da novela “Paraíso”, na TV Globo. A parceria chegou ao fim em 2014. O último projeto do artista foi o álbum No Quintal de Casa.

 

Veja as fotos

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução