Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”
Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”
Exclusivo

Filho de Cid Moreira afirma que esposa do jornalista passou 90% dos bens para o nome dela

Em entrevista ao portal LeoDias, Roger rebateu o pronunciamento de Cid Moreira sobre as acusações de estupro

08/02/2024 às 16:53

Após Cid Moreira e sua esposa, Fátima Sampaio Moreira, virem a público desmentir as acusações de estupro feitas pelo filho adotivo do jornalista, Roger Moreira, o portal LeoDias entrou em contato com Roger para ouvir sua versão dos fatos. Entre os relatos, ele acusou Fatima de estar passando os bens do pai para o nome dela.

“O pronunciamento deles é sempre baseado em coisas que não fui eu que fiz, coisas que não existem. Eles fazem sempre isso para tirar a credibilidade das coisas que são faladas, das coisas que aconteceram”, iniciou o cabeleireiro. 

90% dos bens 

Roger contou em entrevista ao portal LeoDias, que o advogado dele descobriu que a esposa de Cid já passou 90% do patrimônio do jornalista para o nome dela. 

“Por conta dos relatos das testemunhas e  das coisas que estavam acontecendo, o Dr.  Carboni, que é especialista em defender idosos e coisas assim,  pediu as zonas reais dos imóveis para ver se está tudo bem, porque se ela tá agindo desse jeito, ela pode estar fazendo alguma coisa com os imóveis ou coisas do tipo. O Dr. Carboni pediu as zonas reais dos imóveis e foi constatado que a Fátima já tinha se apossado de 90% dos bens do Cid”, contou Roger. 

“Após constatar isso, o advogado começou a falar também o seguinte: “/Olha, a gente vai ter que abrir o processo pra ver como é que tá a saúde dele, porque será que ele tá concordando em dar tudo que ele tem pra ela?”/ e aí ficou-se aquela coisa, ela vai ficar com 100% dos imóveis dele. Uma ex-mulher a gente conhece muito bem, ex-mulher tem várias, ex-filho não existe, né? Então, se amanhã o filho ficar sem nada e a Fátima ficar com 100% dos bens dele, quem vai ter que cuidar do Cid são os filhos”, completou. 

Roger afirma só ter processado o pai duas vezes

Ao portal LeoDias, Roger nega que tenha processado Cid outras cinco vezes, conforme foi dito na nota enviada pela assessoria do jornalista à imprensa. Ele afirma que só houve dois processos: um movido em 2019, por abandono afetivo, no qual ele já havia relatado as situações de abuso que sofreu, porém sem entrar em detalhes; e o atual processo, que deu entrada recentemente, onde conta com detalhes tudo que viveu durante 10 anos em que ficou na casa do apresentador. 

“O primeiro processo que movi contra ele foi por abandono afetivo em 2019, nesse processo já falei disso aí [os casos de abusos], só que não fala claramente, apenas  das situações que tinha que dormir na cama, essas coisas assim, porque eu não tive coragem de expor esses detalhes lá em 2019, mas isso ficou bem claro naquele processo, dava para entender que era isso”,  contou Roger. 

“Eu também não queria falar e nem tinha coragem dessas coisas, então ele foi tratado em segredo de justiça, esse processo nunca foi comentado. Posteriormente a isso, a gente está falando de três anos depois, mais ou menos, desse processo, ele meio que se tornou público, porque aquilo me incomodou de anos e anos na Justiça, eles não davam atenção ao que eu falava. Sabemos que nesse mundo que a gente vive, não adianta, o famoso ele tem, como se tivesse maior autoridade, as pessoas acreditam mais nele”, completou.

Acusações de funcionários

Roger afirma que as acusações de cárcere privado e comida estragada, que “circulam na mídia”, não são de sua autoria, mas sim relatos de ex-funcionários. 

“Então, outros processos que vieram, que foram processos lá de cárcere privado, de comida estragada, o pessoal vê na internet e adora propagar ódio e preconceito: ‘Ah, ele já processou que era comida estragada”/, mas não fui eu que falei, cara, isso tá lá no processo.” 

Ssobre o assunto, ele continuou: “Processo não é em segredo de justiça, as testemunhas vieram falar, o caseiro dele, inclusive, ele deu até entrevista no Domingo Espetacular falando disso, então isso aí foram denúncias de funcionários, advogado dele de 16 anos que tá lá no processo, tá um depoimento bem grande, o caseiro que trabalhou com ele por 26 anos tá lá. No depoimento  o caseiro acusa falando sobre ela [Fátima Sampaio, esposa de Cid Moreira] ter ficado com outro homem dentro da casa dele.  O Dr. Casarin, que também foi advogado dele, também viu ela com outra pessoa, sabe, então não sou eu que estou acusando disso. Aí eles vêm na mídia e falam que é eu que acuso, sendo que eu não vivo lá dentro [da casa deles] mais e não sei o que está se passando. Então isso aí são acusações de testemunhas que estão nesse processo, são mais de dez testemunhas lá nesse processo que nunca foram ouvidas”, afirma.

E a gravação da Bíblia? 

Sobre as acusações de que teria processado Cid Moreira por questões trabalhistas envolvendo a gravação dos CDs da Bíblia e para ganhar dinheiro, Roger garante que não é verdade. 

“Eu fico sendo julgado por várias fake news que nem existiram. A outra que é muito grave para mim é sobre processo trabalhista,  mesada ou sobre ter feito os CDs da Bíblia, eu nunca processei o Cid por causa trabalhista ou para receber mesada em toda minha vida. Ele nunca me deu nenhum dinheiro, nenhuma parte financeira,  eu nunca fui ajudado por ele em nada”.

Veja as fotos

Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias