Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”
Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”
Exclusivo

Rafael Cardoso agride gerente de 64 anos em bar na Barra da Tijuca

Caso aconteceu nesta sexta-feira (1°/03)

02/03/2024 às 18:57 atualizado em 04/03/2024

Nem só o BBB movimenta esse sábado (2/3). O portal LeoDias agora traz um novo caso de agressão, mas que nada tem a ver com a casa mais vigiada do Brasil ou a expulsão de Wanessa Camargo. Nossa reportagem apurou que Rafael Cardoso agrediu um gerente 64 de um bar na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro, no início desta semana (26/2). João Fernando, a vítima, falou com nossa equipe sobre o que chamou de “história horrível”.

O portal LeoDias também teve acesso ao Boletim de Ocorrência prestado por ele contra o ator. Segundo o documento, Rafael chegou em seu carro com uma freada brusca, que assustou clientes do local, acompanhado de mais dois homens. Ele conhecia um garçom do estabelecimento e, após conversarem, pediu para conhecer o gerente.

O profissional  conta que Rafael apertou sua mão e proferiu ameaças repetidamente: “Eu vou te matar”. O homem disse que se virou de costas para o ator, tentando sair da situação que, a princípio, pensou ser brincadeira. Em seguida, foi surpreendido então por um soco na nuca. A partir daí, as agressões só pioraram.

“Eu fiz uma cirurgia tem três meses, de Hérnia Ignal, nem na academia eu posso ir, não posso fazer esforço, nem mesmo subir escada. Falei para ele se acalmar, comecei a correr, ele foi atrás de mim no restaurante. Quando eu saio ele me derruba, me dá dois pisões na região da barriga, especificamente na região da hérnia. Mas, na verdade, ele queria me acertar no testículo. Eu peguei o pé dele e veio o segurança do condomínio e os garçons pra tirar, com “/deixa disso”/, mas ele não parava”, relembrou João. 

Ainda de acordo com o gerente, Rafael “estava completamente transtornado”. A vítima ainda estava no chão quando um dos motoboys do restaurante “conseguiu agarrá-lo por trás. [Rafael] Deu um soco na cabeça dele mas o rapaz tava de capacete e conseguiu escapar. Eu corri pra rua como se fosse atravessar a rua, quase fui atropelado. Nisso, o cara fugiu”, finalizou. 

Ainda de acordo com o depoimento do gerente registrado na polícia, ele não conhece o ator e nunca o viu na vida. Ele ainda declarou que Rafael estava muito irritado e aparentava estar alcoolizado. 

O portal LeoDias tentou contato com o ator, mas não teve retorno até o fechamento desta matéria. O espaço segue aberto para futuras manifestações.

VEJA O MOMENTO DAS AGRESSÕES

Veja as fotos

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução