Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Relembre a carreira de MC Marcinho, o príncipe do funk

Cantor morreu aos 45 anos, neste sábado (26/8)

Neste sábado (26/8), o cenário musical perdeu um dos mais emblemáticos nomes da história do funk. MC Marcinho faleceu aos 45 anos. Ele estava internado desde o dia 27 de junho em um hospital no Rio de Janeiro. Ao longo da carreira, emplacou hits como Rap do Solitário, Princesa, Glamurosa e Garota Nota 100.

Sua trajetória começou a ganhar forma mesmo antes do lançamento de seu primeiro álbum completo. Em colaboração com a funkeira MC Cacau, sua então namorada, Marcinho lançou um disco através da gravadora de DJ Marlboro (Afegan/Link Records). O artista estabeleceu suas raízes no cenário musical com Porque Te Amo, lançado em 1997.

No ano seguinte, em 1998, o primeiro álbum solo, Sempre Solitário (Afegan Records), foi lançado, em uma parceria com o DJ Marlboro na produção. O sucesso de Marcinho continuou e, em 1999, o álbum Valeu Shock, mais uma vez com a produção de Marlboro, teve como destaque a música Motivos da Vida.

Apesar de sua crescente coleção de sucessos, os anos 2000 trouxeram desafios. O auge das letras mais provocativas e eróticas no funk levou a uma ligeira queda no foco em seu estilo clássico. No entanto, Marcinho perseverou, mantendo sua dedicação ao gênero.

O ano de 2002 marcou o lançamento do álbum Falando com as Estrelas, produzido por DJ Grandmaster Raphael. Canções como Funk das Antigas, Zona Oeste e Glamurosa ganharam um arranjo contemporâneo, e esta última se tornaria seu maior sucesso. Inspirada na apresentadora Xuxa, Glamurosa trouxe um toque moderno ao seu repertório.

Marcinho também enfrentou desafios pessoais, incluindo um grave acidente de carro em 2006. No entanto, ele se recuperou e, em 2008, celebrou seu casamento com Kelly Garcia.

Em 2011, MC Marcinho lançou o DVD Tudo é Festa, produzido em parceria com a gravadora EMI. Ao todo, foram cinco álbuns de estúdio e dois ao vivo.