Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet
Exclusivo

Cabelinho cobrou novo cachê para remarcar show, conta organizador

Público que esperava ansioso para a apresentação do ídolo da música trap se decepcionou

O público e a organização do evento I Love Trap, que ocorreu no último domingo (17/9), em Petrolina, Pernambuco, ficaram frustrados com MC Cabelinho, que cancelou o show em cima da hora. O cantor não quis se apresentar, pois os efeitos pirotécnicos não teriam chegado a tempo. O proprietário da empresa responsável pelo evento, Osvaldo Marley, falou com exclusividade para o portal LeoDias e detalhou tudo o que aconteceu, inclusive um pedido de um novo cachê para remarcar a apresentação. 

O organizador demonstrou indignação com o ocorrido ao conversar com nossa equipe. “Contratamos uma empresa de Salvador para fazer os efeitos, tudo já pago. Estava tudo certo com a equipe do Cabelinho – as duas equipes já tinham se comunicado e se acertado -, mas os efeitos não chegaram, porque parece que o caminhão tinha quebrado no meio do caminho”, relatou. A apresentação do MC iria encerrar a noite, pois outros cantores já tinham se apresentado, mas ele decidiu não subir ao palco.

Osvando contou que tudo foi pago e até o hotel onde o cantor e sua equipe ficaram hospedados foi o melhor da cidade. De acordo com Osvaldo, tudo que o artista pediu estava no local, só faltavam os efeitos como o CO2 e os fogos.

Para tentar apaziguar a situação e ter o show, a organização teve que ir até o artista, pois ele não teria nem ido para o local da apresentação, que era no Iate Clube: “Uma atitude infeliz e infantil, resolveu não fazer o show. Disseram que o show dele é em cima de efeitos com 50 minutos de duração de show.”

Mas conversar não adiantou nada. O organizador tentou convencê-lo afirmando que a plateia não estava se importando muito com efeitos e sim queriam curtir o show e cantar com o MC. Cerca de 1.500 pessoas aguardavam ansiosas pela entrada da estrela no palco, mas foram surpreendidas negativamente. 

Marley também falou dos prejuízos jurídicos e financeiros que iria ter que resolver e acredita que os R$ 150 mil de cachê não serão devolvidos. “CO2 e fogos são apenas detalhes”, desabafou ele, que continuou: “Fomos ao palco e contamos tudo o que aconteceu. Devolvemos o ingresso [ao público].

Mas não será desta vez que os fãs terão uma nova chance de assistir ao ídolo, isso porque ele exigiu que outro cachê fosse pago para cantar. “Lamentamos a atitude deles”, encerra Osvaldo.

Pouco após o cancelamento do show, a equipe de MC Cabelinho disse que os contratantes descumpriram com o contrato firmado, mas não entraram em detalhes. O portal LeoDias entrou em contato com a assessoria do artista sobre as declarações de Osvaldo, mas não teve retorno até o fechamento desta matéria. O espaço segue aberto para futuras manifestações. 

Leia a nota de esclarecimento da organizadora 

“A Sucesso Promoções vem por meio desta esclarecer os fatos ocorridos no último domingo (17), durante a realização do evento I Love Trap Petrolina, que contaria com a apresentação do cantor MC Cabelinho.

O artista recusou-se a se apresentar porque o caminhão que trazia os efeitos especiais (fogos de artifício e CO2) quebrou a caminho de Petrolina e não chegou a tempo para a realização do show.

MC Cabelinho, que já se encontrava na cidade, não quis se apresentar sem os efeitos especiais, mesmo com o cumprimento total das cláusulas contratuais por parte da Sucesso Promoções, uma empresa idônea, com 30 anos atuando no mercado do entretenimento.

Lamentamos a postura adotada pelo artista e firmamos o compromisso de realizar uma nova edição do I Love Trap Petrolina com outro artista. A data e grade de atrações serão divulgadas em breve.”