Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Luan Santana faz show lotado em Manaus e marca início do Luan City Festival

No palco, além do espetáculo do anfitrião Luan Santana, shows com Marília Tavares, Léo Santana e  Luísa Sonza

Sucesso garantido e produção caprichosa. Com trocadilho, o público ovacionou as  atrações que animaram o evento e encerramento histórico. Em linhas gerais é assim que podemos definir a estreia do Luan City Festival, que aconteceu no sábado (13/4) e foi até o amanhecer deste domingo (14/4), na Arena Amazonas. No palco, além do espetáculo do anfitrião Luan Santana, shows com Marília Tavares, Léo Santana e  Luísa Sonza.
 

Coube a Marília Tavares abrir as cortinas para o início da estreia do Luan City Festival. A cantora roraimense, de apenas 18 anos, levou o repertório da sua turnê Maturidade para o evento, surpreendendo o público com a sua voz potente, que ecoou na Arena Amazonas.
 

Por volta da meia noite, o pagode baiano de Léo Santana, literalmente, mexeu com a plateia, que dançou e cantou ao som de Zona de Perigo, Santinha entre outros sucessos do GG.  Na sequência, Luísa Sonza esbanjou charme e gingado com o seu pop funk, que eletrizou o espaço. O público vibrou no ritmo de A Dona Aranha, Luísa Manequim e Campo de Morango, que fazem parte do projeto Escândalo Íntimo. 

Já passava das 2h da madrugada quando Luan Santana surgiu no topo do gigante palco, numa altura de quase 15 metros, cantando “Deus é muito bom”, sendo acompanhado pelo coro uníssono de uma plateia emocionada. Por quase três horas, ele apresentou um espetáculo que fez uma viagem nos seus 16 anos de carreira e traz hits atuais. No repertório, “Meio Termo”, “Vai Chorar no Carro”, “Tímida”, “Calvin Klein”, “Sem Sentimento”, “Mulher Segura”, Morena”, “Tudo o que você quiser”, “Coração Cigano”, “Abalo Emocional”, “Deja Vu” e “Pega Escandaloso”. 
 

O dia anunciava o sol quando o artista se despediu do público manauara. “Já morei em  Manaus. A cultura, a natureza e o amor de vocês sempre embalaram a minha história. Lançar o festival pelo Amazonas é ter a certeza de que será um evento abençoado e abraçado por todo o Brasil”, afirma.
 

“Luan City Festival”, que traz produção e realização da LS Music, Four Even e PECK, é a versão plena e com apresentações de grandes artistas da turnê que tem percorrido o Brasil e nasceu do projeto gravado em dezembro de 2021, em São Paulo. Salvador e Rio de Janeiro são as próximas cidades a receberem o projeto, respectivamente nos dias 5 e 11 de maio. Na capital baiana, Luan, Calcinha Preta, Simone Mendes e Nattan vão comandar a festa.
 

Bastidores
 

O clima descontraído deu o tom ao festival, seja na pista, camarote e camarins. Nos bastidores, Marília Tavares, ao lado da mãe Rakel, do irmão Paulo e do empresário Toninho Duettos, atendeu fãs e amigos. Ela também foi recebida no camarim de Luísa Sonza. O encontro foi marcado por sintonia e bate papo descontraído. E mais: as duas soltaram a voz em “Chico”.

Já Luan Santana chegou acompanhado da namorada Jade Magalhães. Além de receber fãs e imprensa, o cantor matou a saudade de primos que moram em Manaus.

Veja as fotos

Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias