Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

BBB 24: Equipe de Yasmin rebate acusação de racismo contra Davi. Leia nota!

Equipe da modelo se pronuncia sobre acusações de racismo contra o brother

Fogo no parquinho entre as equipes dos brothers! Uma nota acerca dos acontecimentos recentes envolvendo Yasmin Brunet e Davi foi postada na conta oficial da modelo no Instagram. Nesta sexta-feira (26/1), o comunicado inicia citando uma postagem da ex-BBB Gleici Damasceno, que de forma indireta, falou que Yasmin e Wanessa estavam sendo racistas.

“Hoje fomos lamentavelmente surpreendidos com um comentário feito por uma pessoa de grande influência na mídia. Em um post feito na rede social X/Twitter, a influenciadora insinuou, de forma implícita, que a influenciadora e empresária Yasmin Brunet e outra colega de confinamento (Wanessa) estariam sendo racistas”, começa a nota, intitulada: “Difamação não é entretenimento”.

No trecho seguinte, a equipe da sister diz que o Big Brother é um jogo que pode provocar divergências na casa e que todos os integrantes até então tiveram algum tipo de fala ou ação reativa e que, apesar de compreenderem que cada equipe é responsável pelo jogo externo dos participantes, mas que certas equipes não tem feito um “jogo limpo”.

“Porém, deixa de ser um jogo limpo e saudável quando há tentativa de transformar conflitos derivados da convivência em narrativas voltadas a pautas sociais, a partir de notícias inverídicas, como quando os administradores de um dos participantes publicou um vídeo de Yasmin, alegando que ela estaria perfumando a cama para retirar o cheiro dele”, diz a nota.

O comunicado diz que o vídeo foi tirado de contexto, visto que aconteceu há dois dias atrás. Eles ainda afirmam que o movimento contra o racismo está sendo banalizado e que não deve ser apontado como motivo dentro de conflitos de convivência entre os participantes. O texto alega que as acusações de racismo contra Yasmin são indevidas e sem comprovação.

“E os hates e palavras ofensivas – e graves – que Yasmin têm recebido podem causar consequências muito sérias a ela quando sair da casa e se deparar com acusações falsas sobre sua personalidade. Yasmin Brunet não é racista. Racismo é crime e deve ser combatido e não ser confundido com divergências de convivência”, finaliza a nota.

Veja as fotos

Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram
Instagram