Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Manoel Soares evita “soltar tudo no ventilador” para proteger filhos

Visando proteger a carreira e a família, o ex-apresentador do Encontro revela que não vai revelar tudo o que aconteceu

Demitido da Globo há três meses, o jornalista Manoel Soares falou ao programa “Otalab”, do Uol, sobre seu afastamento da TV e toda a polêmica saída do programa “Encontro”. O apresentador revelou que tem muita coisa que ele não fala para proteger a família.

“A paixão de fazer e de levar a verdade pra quem tá do outro lado me colocou em um lugar de mira para uma série de franco-atiradores. Hoje eu me preservaria um pouco mais”, disse. 

Questionado sobre porque ele não rebatia ataques sofridos na época, Soares responde: “Hoje as pessoas vêm e falam “/Ah, Manoel, por que você não jogou tudo no ventilador?”/. Pelo mesmo motivo que minha mãe quando o patrão dela chamava ela de “/negra fedorenta”/, ela não pegava o pano de chão e não jogava na cara dele. Ela tinha filhos para sustentar”, desabafa.

Manoel dividiu o palco do Encontro com Patrícia Poeta por quase um ano. A qualidade da dinâmica e a boa convivência da dupla eram frequentemente questionadas devido a muitas interações desconfortáveis, como Poeta interrompendo constantemente Soares, gerando especulações de que os dois não se dessem bem.

Manoel afirmou que se recusa a “/atender fetiche de fofocas”/ se esse seria o motivo da sua saída da Globo. “Não vou destruir o colchão reputacional que minha família me ajudou a construir. Eu não vou descer meu nível (…) Ninguém vai me usar para agredir uma outra mulher, eu não vou aceitar, nem admitir isso. Isso tem nome: machismo”, disse.

O apresentador ainda solta que se ele “jogasse tudo no ventilador”, ele não teria mais emprego: “Vou atender ao apelo de tudo que é veículo de comunicação, vou sair xingando meus antigos colegas de trabalho, vou sair jogando tudo no ventilador e dane-se. Beleza, e a partir de amanhã não trabalho mais no mercado, né?”, finalizou