Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Sindicato processa Globo e Record por não pagamento de direitos autorais

SATED-RJ (Sindicato dos Artistas e Técnicos do Entretenimento do Rio de Janeiro) entrou com a ação após Mateus Solano colocar o dedo na ferida com a reexibição de Viver a Vida (2009), no canal VIVA ser anunciada

      O SATED-RJ (Sindicato dos Artistas e Técnicos do Entretenimento do Rio de Janeiro) entrou com um processo contra a emissora carioca e a Record por falta de pagamento de direitos autorais. O fato foi confirmado pelo presidente do sindicato Hugo Gross ao portal UOL.

      “As emissoras ganham muito dinheiro com reexibição em vários horários e não repassam para os atores o direito autoral”, afirmou o presidente do sindicato.

      Veja as fotos

      Reprodução
      Reprodução
      Divulgação
      TV GloboDivulgação
      Instagram
      Print de comentários de Mateus Solano e Sérgio MaroneInstagram

      O representando da classe artística carioca também afirmou que o processo também abordará supostos maus-tratos a figurantes na Record.

      O movimento começou por artistas nas redes sociais na última semana, após Mateus Solano reclamar da exibição da novela Viver a Vida (2009) sem o aval dos artistas envolvidos no projeto e o não pagamento de direitos autorais.