Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Amigo de Mingau muda versão e baixista passa por cirurgia após ser baleado

O cantor está internado em estado delicado, afirma o hospital

Rinaldo Oliveira Amaral, mais conhecido como Mingau, baixista da banda Ultraje a Rigor, foi baleado na cabeça em Paraty, cidade do Rio de Janeiro, no último sábado (2/9). Ele estava de carro com um amigo quando foi atingido pelos disparos e agora está internado em São Paulo após passar por uma cirurgia. O portal LeoDias reuniu tudo que já se sabe sobre o caso até o momento.

Roberto Queiroz, que estava com Mingau na hora, disse à Polícia Militar que eles fora comprar drogas na Praça do Ovo, na Ilha das Cobras em Paraty. Já para a Polícia Civil, ele contou que eles estavam indo lanchar no local. Ele será ouvido em depoimento pela Polícia Civil, que investiga o caso.

O baixista logo foi socorrido após ser baleado e foi levado ao hospital municipal Hugo Miranda. Pela falta de neurocirurgião no local, ele precisou ser transferido no helicóptero dos bombeiros do Rio para São Paulo no domingo (3/9). Segundo o Hospital São Luiz Itaim, onde ele está internado no momento, o estado de Mingau é delicado. Ele passou por uma cirurgia de 3h30, está internado na UTI e respira com ajuda de aparelhos.

“O quadro clínico é considerado delicado. O paciente receberá toda a assistência necessária para seu caso, que está sob a coordenação do neurocirurgião Manoel Jacobsen Teixeira”, afirmaram em nota.

A filha do artista, Isabella Aglio, disse que ele iria passar por uma cirurgia e pediu orações: “O que a gente pode fazer agora é orar. Que a cirurgia corra bem, que ele volte, que ele fique sem sequelas, não sei. Só rezem e orem pelo meu pai, independente do que vocês acreditam”.

Suspeitos

Já no domingo (3/9), a Polícia Civil prendeu o suspeito de ter efetuado o disparo. Ele tinha uma pistola 40, drogas, dois carregadores e um kir rajada. A perícia encontrou projéteis do mesmo calibre da arma no local onde Mingau foi baleado. Além disso, mais três suspeitos já foram identificados. 

Tags: