Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Anderson, do Molejo, morre aos 51 anos, vítima do câncer

Com mais de três décadas de carreira, o cantor deixou uma considerável contribuição para o mundo do pagode

        Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, morreu aos 51 anos, após uma intensa luta contra o câncer. Ele estava internado em estado grave.

        A confirmação da morte veio por parte da equipe oficial do cantor no Instagram:

         

        Ver esta publicação no Instagram

         

        Uma publicação partilhada por Grupo Molejo (@molejooficial)

        Em outubro de 2022, o cantor foi diagnosticado com câncer inguinal, que afeta a região do pênis e ânus, com rara incidência. Mas, no ano passado, os médicos perceberam que se trata de um câncer raro, do qual não é possível perceber sua origem.

        Anderson Leonardo nasceu em 1972, no Rio de Janeiro. Com uma carreira que ultrapassou três décadas, ele deixou uma considerável contribuição para o pagode.

        Veja as fotos

        Anderson, do Molejo - Reprodução
        Anderson, do Molejo - Reprodução
        Anderson, do Molejo - Reprodução
        Anderson, do Molejo - Reprodução
        Anderson, do Molejo - Reprodução
        Anderson, do Molejo - Reprodução
        Anderson, do Molejo - Reprodução
        Anderson, do Molejo - Reprodução

        Sua jornada na música começou no início dos anos 1980, quando se juntou ao grupo Molejo, tornando-se rapidamente uma referência no gênero. O primeiro grande sucesso da banda em sua voz foi Caçamba, uma das faixas do álbum de estreia do grupo, intitulado Molejo (1994). A partir daí, o Molejo dominou as paradas de sucesso com hits como Brincadeira de Criança, Dança da Vassoura, Cilada e Paparico.

        Além de sua habilidade vocal, Anderson também foi um talentoso instrumentista, dominando o cavaquinho. Foi destaque ainda como compositor.