Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”
Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”
Exclusivo

Filho adotivo de Cid Moreira o acusa de estupro e pede a prisão do pai

Portal teve acesso a processo movido por filho do apresentador

06/02/2024 às 15:08

Roger Moreira, filho adotivo do jornalista Cid Moreira, está acusando o pai de ter o estuprado enquanto criança. Em todo o processo, o qual o portal LeoDias teve acesso exclusivo, ele relata que todos os abusos começaram aos 14 anos.

Segundo Roger, de outubro de 1990 a novembro de 2000, no endereço situado no bairro Itanhangá no condomínio Green Wood Park, no Rio de Janeiro, Cid praticou contra o jovem ato libidinoso com objetivo de satisfazer a própria lascívia, reiteradas vezes, com frequência de pelo menos quatro vezes por semana, ao longo de 10 anos, portanto por volta de 1.920 ocasiões, em mesma condição de tempo, lugar, modo de execução. Em outras palavras: ele teria sido abusado sexualmente durante todos estes anos.
             
A defesa de Roger afirma que da mesma forma visto por outro ângulo, o jornalista sequestrou o adolescente, de 14 anos, e o manteve refém para prática de estupro. O jovem trabalhou como produtor de imagem e som de Cid e residiu em mesma residência do agente criminoso em razão da relação de parentesco com a ex-esposa do agente criminoso, Ulhiana Naumtchyk Moreira, desde os 14 anos de idade.

Ele expõe que tudo começou quando foi passar um final de semana na casa de Cid com a tia dele, que na época era a esposa do famoso. Segungo Roger, desde esta data Cid o paquerava e logo o convidou para morar com ele e atuar como um secretário pessoal.

“De forma a encobrir a prática de abusos contra a vítima, propôs ação de adoção, de forma a apresentar socialmente uma explicação do porque estava sempre em companhia da vítima, especialmente em razão das desconfianças que estavam sendo levantadas”, diz a defesa de Roger no processo.

No processo, Roger Moreira solicita à Justiça que o famoso responda pelos crimes praticados, percebendo-se que o elemento, embora idoso, é perigoso e tem a ajuda da sua mulher que tem 40 anos a menos, e pode colocar em risco outros adolescentes.

“O estupro de vulnerável continuado, corrupção de menores, sequestro, dentre outros não da prescrição, e mesmo se houvesse é necessário apuração, para que o increpado não venha a praticar novamente colocando em risco adolescentes”, solicita a suposta vítima. 

No entanto, por mais que conste no processo, o crime de estupro, seguindo a legislação brasileira, também prescreve em um tempo aproximado de 20 anos. 

ATUALIZAÇÃO – Após a publicação desta matéria, a defesa de Cid Moreira enviou uma nota oficial ao portal LeoDias. Confira na íntegra: 

“NOTA OFICIAL

Aos 97 anos de idade, Cid Moreira se depara novamente com uma declaração caluniosa proferida por Roger Moreira, que já o processou em outras cinco ocasiões sem êxito. Esta não é a primeira vez que Roger acusa Cid de maneira absurda e difamatória.

Em 2022, Roger foi ao ar em cadeia nacional e acusou a esposa de Cid de mantê-lo em cárcere privado e de lhe servir comida estragada. 

Naquela ocasião, ele pleiteava a guarda do pai adotivo com a alegação de querer cuidar de Cid Moreira. Meses mais tarde, outra declaração surgiu: Cid estava senil e não podia mais responder por seus atos. Todas essas afirmações eram mentirosas e visavam claramente interesses financeiros.

O maior questionamento que se faz hoje é: como alguém que queria a guarda do pai para cuidar e “dar amor” agora pede a prisão do mesmo?

Todas as calúnias proferidas por Roger foram levadas à Justiça e julgadas. Em todos os casos, foram consideradas mentirosas e difamatórias, garantindo a vitória de Cid Moreira.

Agora, enfrentando mais uma tentativa de abalar sua inquestionável reputação como jornalista, os advogados de Cid estão preparando mais um processo. Confiantes na justiça, térrea e divina, acreditam que, mais uma vez, essa calúnia será desmascarada.

ASSESSORIA CID MOREIRA 
 

06 de fevereiro de 2024″

Veja as fotos

Reprodução
Reprodução
Reprodução
Reprodução