Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Maiara e Maraisa falam sobre preconceito por serem dupla feminina

Sertanejas foram ao podcast PodPah e revelaram as dificuldades e críticas que sofriam antes e durante a carreira

Maiara e Maraisa foram as convidadas do podcast PodPah nesta segunda-feira (11/9). Falando sobre carreira, as sertanejas revelaram preconceitos e dificuldades vividas, com até mesmo pessoas da indústria do sertanejo desacreditando de que elas dariam certo no mercado.

Quando questionadas sobre o que elas escutavam no começo da carreira, as irmãs desatam a falar as diversas críticas: “A gente ouvia que não ia dar certo, que dupla feminina não ia pra frente. Porque mulher menstrua, porque mulher casa, porque mulher engravida, você é gordinha, a sua música não é boa pra você, só é boa pros outros, sua voz não rende no estúdio”.

Apesar da falta de apoio no começo, Maraisa afirma que isso não foi absorvido por elas: “A gente era louca, a gente não ouvia. A gente não absorveu isso. A gente vai receber crítica o resto da vida, a gente já tá calejado”, diz ela. A dupla ainda desabafa que as críticas são desde a infância e que colegas da escola onde estudavam faziam bullying ao verem as apresentações da dupla em locais públicos da cidade.

Maiara ainda revela que já inseridas dentro da indústria, duplas sertanejas masculinas conhecidas e famosas também as criticaram: “Por muito tempo a gente foi criticada por gente que ditava as regras do mercado. Tinha um, dois ou três caras que eram os que mandavam no mercado que desacreditava, sabe? Eles eram tipo ‘deus’ naquele momento, daí eles olharam e falaram: ‘Não, dupla de mulher, não’, revela a cantora.