Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Saiba quais diferenças podemos esperar entre Rock in Rio e The Town

O que o The Town vai ter de diferente do Rock in Rio? Além do estilo musical, a estrutura do festival paulista conta com novidades

Apesar de ser dos mesmos criadores que o festival carioca Rock In Rio, The Town promete uma pegada diferente. O festival, que vai acontecer entre os dias 2 e 10 de setembro em São Paulo, pretende homenagear a história da capital paulista e deixar um legado para a cidade. Mas ninguém deixa de pensar: quais são as principais diferenças entre um festival e outro? O Portal LeoDias fez uma pesquisa para responder essa pergunta.

Enquanto toda a estrutura do Rock in Rio é chamada de  “Cidade do Rock”, The Town ganhou o apelido de “Cidade da Musica”, visando desvincular a imagem festival apenas como um festival apenas de rock, abrindo o leque para todos os estilos musicais. 

A estrutura, no entanto, é um pouco menor se comparada ao do irmão carioca. O The Town conta com 5 palcos, enquanto o último Rock in Rio teve 9 palcos.

Em entrevista ao site Meio&Mensagem, a chefe de marketing do The Town, ​​Ana Deccache, pontuou uma importante diferença entre os dois festivais: “Cada palco do The Town homenageia a cidade de São Paulo. Enquanto o Rock in Rio é um parque de diversões, o The Town será um parque temático”. Segundo ela, cada palco do The Town é inspirado na identidade de São Paulo como os grandes prédios, museus e regiões da Catedral da Sé.

Em questões de estrutura, quem vai curtir o festival paulista vai perceber a diferença entre lá e o Rio. O transporte é mais facilitado e todas as linhas do metrô e trem funcionarão 24 horas durante os 5 dias de evento.

Segundo Roberto Medina, empresário criador dos festivais, em entrevista a Veja, o evento contará com esgoto de verdade nos banheiros: “Convencemos a prefeitura de que era importante dotar o autódromo de toda sofisticação de projeto de primeira linha. Falo de esgoto com banheiro de verdade. Antes, eram banheiros químicos. Nem o primeiro Rock in Rio eu fiz com banheiro químico”.

Totalizando 160 shows ao longo de 5 dias, entre os headliners do The Town, estão nomes como Bruno Mars, Maroon 5, Foo Fighters e Post Malone. Ainda segundo Medina, o objetivo do festival é consagrar-se como o “maior evento de cultura e arte de São Paulo” e que o The Town “colocou arte em tudo”, envolvendo, nas palavras de Medina, 41 artistas plásticos durante a execução.