Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian
Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian

Gabigol se pronuncia, se omite sobre foto polêmica, mas fala sobre perda de camisa 10. Leia!

O ex-camisa 10 do Flamengo, Gabigol, falou pela primeira vez sobre polêmica

          Gabigol se pronunciou pela primeira vez após a foto polêmica, em que aparece com a camisa do Corinthians. Em uma carta aberta à torcida do clube, o jogador se omitiu sobre a veracidade ou não da foto, mas lamentou a perda da camisa 10, anunciada pelo Flamengo, nesta sexta-feira (17/5). 

          “Hoje fui comunicado pelos diretores do Flamengo que não vestirei mais a 10. Cabe a mim aceitar e respeitar o comando do clube. Mas isso jamais vai apagar a história que construí com meus companheiros de equipe. Aceito a próxima camisa e vou dar a vida em campo pelo Mengão até o fim da nossa história”, comunicou.

          Veja as fotos

          Gabigol perdeu a camisa 10 do Flamengo. Foto: Reprodução
          Gabigol perdeu a camisa 10 do Flamengo. Foto: Reprodução
          Gabigol consegue suspensão temporária do afastamento do Flamengo
          Gabigol consegue suspensão temporária do afastamento do Flamengo
          Jogador estava suspenso por tentativa de fraude ao exame antidoping
          Jogador estava suspenso por tentativa de fraude ao exame antidoping
          Reprodução
          Reprodução
          Reprodução
          Reprodução

          No texto, Gabigol falou também sobre os títulos conquistados pelo Flamengo e sobre relação com a torcida. O jogador, no entanto, não confirmou e nem negou a veracidade da imagem. Ontem, após a foto viralizar na web, a assessoria do atleta afirmou a fotografia era uma montagem.

          Leia a carta aberta na íntegra

          “Naquele dia 12/11 de 2022, depois de ter sentido as maiores emoções da minha vida com as glórias e
          as expressivas conquistas pelo Flamengo, o clube me presenteou com uma camisa muito especial, a 10, simplesmente o manto usado por nosso maior ídolo, o Zico.

          Confesso que senti uma certa insegurança, pois junto com aquela camisa, vinha também um grande peso e responsabilidade.

          No Flamengo, encontrei minha melhor versão e vivo o melhor ciclo da minha carreira. Sou fascinado por títulos e sempre expressei isso no excesso de vontade, dentro de campo, que muitas vezes é interpretado de uma forma errada.

          O Flamengo me proporcionou ganhar muitos títulos (2 Libertadores, 2 Brasileiros, 1 Copa do Brasil, 1 Recopa Sul-americana, 2 Supercopas do Brasil e 4 Cariocas) e viver esses momentos mágicos com a nação e ser acolhido pela maior torcida da América, isso verdadeiro significado da palavra felicidade.

          Hoje, fui comunicado pelos diretores do Flamengo que não vestirei mais a 10. Cabe a mim aceitar e respeitar o comando do clube. Mas isso jamais vai apagar a história que construí com meus companheiros de equipe. Aceito a próxima camisa e vou dar a vida em campo pelo Mengão até o fim da nossa história”.