Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

O.J. Simpson, acusado de matar a ex-esposa nos anos 90, morre aos 76 anos

Em fevereiro, o portal TMZ noticiou que O.J. havia sido diagnosticado com câncer de próstata

O ex-jogador de futebol americano e ex-ator, O.J. Simpson, julgado e absolvido pelo assassinato de sua ex-esposa, Nicole Brown Simpson, e um amigo dela, Ronald Goldman, em 1994, morreu na quarta-feira (10/4), aos 76 anos. A informação foi divulgada pela família de Simpson nas redes sociais. 
 

“No dia 10 de abril, nosso pai, Orenthal James Simpson, sucumbiu à batalha contra o câncer. Ele estava cercado de seus filhos e netos”, diz comunicado publicado no perfil de Simpson. 
 

Em fevereiro, o portal TMZ noticiou que O.J. havia sido diagnosticado com câncer de próstata. 

O.J. Simpson protagonizou o “julgamento do século”
 

Após ser acusado de assassinar sua ex-esposa, Nicole Brown Simpson, e um amigo dela, Ronald Goldman, em 1994. O caso, um dos mais notáveis do mundo das celebridades, durou 11 meses e terminou com a absolvição de Simpson em todas as acusações. 

Ele foi preso 12 anos depois, em 2007, por outro crime, e solto em liberdade condicional em 2017. Com um grupo de homens armados, o ex-atleta roubou objetos esportivos, que alegou terem sido roubados dele.  Ele foi acusado de uma série de crimes, incluindo sequestro e assalto à mão armada. 

O polêmico julgamento foi inspirações para grandes produções audiovisuais, ganhadoras de grandes prêmios. 
 

A série “The People v. O.J. Simpson: American Crime Story” (2016), que retrata o julgamento, ganhou nove prêmios Emmy. A produção é estrelada por Cuba Gooding Jr., John Travolta, David Schwimmer, Sterling K. Brown, Courtney B. Vance e Sarah Paulson. O documentário “O.J.: Made in America” levou o Oscar de melhor documentário em 2017.
 

Simpson no futebol americano
 

No futebol americano, Simpson quebrou recordes nos anos 70, e depois seguiu carreira como ator, comentarista de esporte e garoto-propaganda. Depois de fazer carreira como jogador do San Francisco 49ers e do Buffalo Bills, o O.J. atuou na série de filmes “Corra que a Polícia Vem Aí”, estrelada por Leslie Nielsen.

Veja as fotos

Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias
Leo Dias