Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Scarpa x Bigode: joias dadas como garantia no golpe das criptomoedas não tem valor

Foi feito uma perícia pela polícia para descobrir o valor das joias colocadas como garantia para investimento de Scarpa

          O famoso caso das criptomoedas envolvendo ex-amigos jogadores ganhou um novo capítulo. As pedras preciosas colocadas como garantia para que Gustavo Scarpa fizesse um investimento foram periciadas pela Justiça do Acre e se concluiu que o valor é irrisório. O jogador busca ressarcimento de cerca de R$ 7 milhões.

          Atualmente no Atlético-MG, Scarpa atuou ao lado de Willian Bigode no Palmeiras, entre 2018 e 2022, e resolveu fazer um investimento por indicação do então parceiro de clube na empresa Xland. Mayke, outro atleta do alviverde paulista, também foi um dos a entrar na empreitada.

          Veja as fotos

          William Bigode é processado por Mayke e Scarpa. Foto: Reprodução
          William Bigode é processado por Mayke e Scarpa. Foto: Reprodução
          Gustavo Scarpa e William Bigode foram parceiros de Palmeiras. Foto: Reprodução
          Gustavo Scarpa e William Bigode foram parceiros de Palmeiras. Foto: Reprodução
          Mayke e William Bigode. Foto: Reprodução
          Mayke e William Bigode. Foto: Reprodução
          Reprodução
          Reprodução
          Gustavo Scarpa atualmente está no Atlético-MG. Foto: Reprodução
          Gustavo Scarpa atualmente está no Atlético-MG. Foto: Reprodução

          A garantia sem valor

          A Xland indicou aos jogadores como garantia uma coleção de pedras de alexandrita. Elas foram periciadas pela Polícia Federal e a conclusão foi enviada para o juiz federal Wendeson Pessoa, da 1ª Vara Cível e Criminal da Justiça do Acre.

          As pedras estão retidas em uma caixa de segurança em São Paulo, onde Scarpa entrou com o pedido para que um relatório sobre as joias fossem enviadas e anexadas ao seu processo contra Willian Bigode e a Xland. 

          De acordo com a Justiça acreana, se estima “um valor total das pedras de alexandrita manifestamente insuficiente à garantia de eventual cumprimento de sentença”. A Xland havia apresentado um laudo afirmando que as alexandritas teriam um valor de R$ 2,5 milhões, mesmo tendo gasto apenas R$ 6 mil para comprá-las.

          Ironia de Scarpa

          Scarpa foi às redes sociais assim que a notícia começou a viralizar, para ironizar a conclusão da perícia: “Para a surpresa de 3 pessoas. Os responsáveis por tudo isso *hão* de me pagar. Vou até o final”, escreveu o jogador no story de seu Instagram.

          Juntos, Mayke e Scarpa perderam mais de R$ 10 milhões, conforme boletim de ocorrência registrado em novembro de 2022. Willian Bigode alega também ter perdido dinheiro – cerca de R$ 17,5 milhões -.

          Mayke e Scarpa, porém, estão processando Bigode, que intermediou o negócio por meio da sua empresa, a WLJC. Aliás, o salário do atacante no Peixe já está “penhorado” em 30% por conta de uma ação judicial de Mayke, que recebe a quantia mensal como parte do ressarcimento pela dívida. Scarpa também tem um processo aberto buscando o mesmo.