Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Um mês após o acidente do marido, Ana Paula Padrão faz reflexão. Leia

O casal voltava de um passeio na Serra da Mantiqueira quando tudo aconteceu

A vida da apresentadora Ana Paula Padrão e do seu marido Gustavo Diament mudou radicalmente de um dia para o outro. Se antes a contratada da Band tinha planos para o futuro, agora ela só dedica seus dias para a recuperação do companheiro, que caiu em uma vala de sete metros após fugir de assaltantes, em outubro deste ano. Na última quarta-feira (22/11) após um mês do acidente ela fez uma grande reflexão e desabafo em suas redes socais.

A apresentadora do Masterchef publicou uma foto com o seu esposo e escreveu na legenda: “A vida é o que acontece enquanto você faz planos. Foi John Lennon que disse essa frase? Não deu tempo de checar. O fato é que há exatamente um mês, no dia 22 de outubro, todos os nossos planos de futuro próximo se dissolveram e, o mais interessante, é que eles não tinham mesmo nenhuma importância. A total insegurança que se instala quando a sua vida, ou a de quem você ama, é ameaçada, foi sendo substituída por uma doce sensação de conforto: estou aqui, sou grata, sou amada e estou tranquila com quem eu sou e o que fiz até aqui.”

Em seguida ela citou um planejamento que estava fazendo com Gustavo: “Quando a gente faz planos, um dos riscos que corremos é o de nos tornarmos reféns deles. E quando ainda que forçosamente os planos se desfazem, desaparece também a ansiedade em alcançá-los. Lembrei-me agora de que, numa viagem ao Butão, um monge me disse que o desejo é a fonte de toda frustração. Não, não estou romantizando o sofrimento. O que vivemos foi cruel e doeu. Mas o saldo é infinitamente mais pacífico do que o fato que o gerou.”

No final do texto Ana Paula revela como se sente no momento: “Estou bem, estou feliz e fazendo exatamente o que eu gostaria nesse momento. Estou cuidando das poucas certezas que me sobraram e adorando a sensação de não ter certezas sobrando. Voltei a me equilibrar num eixo que tinha saído do prumo desde a pandemia. Pequenas alegrias. As grandes alegrias.” Gustavo iniciou o mês no conforto do lar, quando, no dia 1º recebeu alta médica.

Veja as fotos

Reprodução Instagram
Reprodução Instagram
Reprodução Instagram/ montagem
Reprodução Instagram/ montagem
Reprodução Instagram
Reprodução Instagram