Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Cacau Protásio se irrita sobre acusações no Vai Que Cola: “Chega, acabou”

A atriz se defendeu das acusações que estão fazendo contra ela nos últimos dias

Cacau Protásio desabafou mais uma vez sobre o racha envolvendo os roteiristas e o elenco do “Vai Que Cola” nesta sexta-feira (25/8). A atriz disse não aguentar mais ser perseguida por causa da carta aberta que os roteiristas do humorístico do Multishow. 

Sem paciência começa a gravação: “Chega, acabou, eu não vou aceitar que venham na minha página me agredir. Eu não agredi ninguém, não demiti ninguém. Eu não tenho esse poder. Eu não tenho por que gostar ou não gostar da pessoa”.

A artista afirma que nunca viu o roteirista André Gabeh: “Não conheço, não convido, não tenho porque odiar, amar, nunca vi. Só vi na mídia, não convivi, nunca foi no programa, a gente não tem relação”, continuou a atriz.

“Não quero que entrem mais na minha página para me agredir. Acabou. Eu não falo de política, não sou dona da Globo, não admito e nem demito ninguém”, vociferou.

Cacau comenta sobre a demissão de André: “Eu não duvido que ele seja um profissional maravilhoso, mas eu te pergunto: todos continuam trabalhando, continuam recebendo. Ele foi o único que foi demitido. Já que ele é maravilhoso, [a produtora] poderia ter colocado em outro projeto”, sugeriu.

No final do vídeo, Protásio fala em nome do programa dizendo que estão todos revoltados com a situação: “Eu estou me defendendo, defendendo o elenco porque a gente está indignado com essa conversa fiada”.

A atriz recebeu muitos comentários a apoiando neste momento conturbado. A colega de cena, Catarina Abdalla escreveu: “É noix, Cumadi (sic)! Vamos virar essa página e seguir com nosso trabalho com consciência tranquila”.