Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”
Mulher de Zé Vaqueiro desabafa sobre volta do filho à UTI após parada cardíaca: “Orando” Ivete esclarece decisão de cancelar shows: “Peguei a vaidade e joguei na gaveta”

Gabigol consegue anular suspensão temporariamente e volta a jogar pelo Flamengo

Gabigol conseguiu efeito suspensivo temporário; pedido para suspensão definitiva ainda será julgado

30/04/2024 às 09:03

          Na manhã desta terça-feira (30/4) o Flamengo anunciou por meio de suas redes sociais que Gabigol está liberado para atuar em jogos do time, pelo menos temporariamente. O jogador estava suspenso por dois anos após acusação de tentar fraudar o exame antidoping.

          O comunicado, postado no X (antigo Twitter), o Flamengo anunciou: “O atleta Gabriel Barbosa está liberado para atuar nas competições disputadas pelo Clube de Regatas do Flamengo. A defesa do atacante conseguiu o efeito suspensivo por decisão unânime”.

          Veja as fotos

          Gabigol consegue suspensão temporária do afastamento do Flamengo
          Gabigol consegue suspensão temporária do afastamento do Flamengo
          Jogador estava suspenso por tentativa de fraude ao exame antidoping
          Jogador estava suspenso por tentativa de fraude ao exame antidoping

          Na semana passada, Gabigol entrou com os recursos para o julgamento do caso. O primeiro dos pedidos do atacante foi justamente o efeito suspensivo, que apenas anula temporariamente a suspensão.

          Com o efeito suspensivo, ele volta a jogar, porém ainda aguarda o julgamento do outro recurso impetrado pela defesa, o de anular a suspensão de forma definitiva. Caso o recurso contra a condenação seja julgado improcedente, Gabigol terá mais dois anos acrescidos a sua pena.

          Relembre o caso

          Em abril de 2023, todo o elenco profissional do Flamengo passou por exames antidoping surpresas. A medida acontece rotineiramente e todos os clubes, eventualmente, passam por estes testes. Na oportunidade, os fiscais responsáveis pelos exames afirmaram que Gabigol, deliberadamente, tentou dificultar o trabalho.

          Segundo a denúncia, o atleta teria se recusado a fazer o exame de sangue antes do treino, marcado para a manhã daquele dia, ao contrário de todos os outros jogadores. Além disso, durante o exame de urina, o jogador escondeu sua genitália, algo que não é permitido, uma vez que os órgãos responsáveis precisam averiguar supostas tentativas de fraudar o exame. Gabigol também teria entregue o frasco coletor aberto, o que vai contra as recomendações. A agressividade do jogador com os profissionais também consta na denúncia.

          Por conta disso, Gabigol acabou sendo denunciado no artigo 122 do Código Antidopagem Brasileiro que aborda “fraude ou tentativa de fraude de qualquer parte do processo de controle”. O jogador “escapou” de pegar uma pena mais pesada, uma vez que poderia ser punido por quatro anos de suspensão.