Ao vivo
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
Pai debocha de filha com paralisia e é acusado de maus-tratos: “Largar em orfanato” Ex-cunhada de Safadão acusa mãe do cantor de ameaça e ela rebate: “Tudo mentira”
portal Leo Dias 1 ano
vaidebet

Ex-BBB’s abrem o jogo e mostram insatisfação com a Globo após publis vetadas

Michel e Leidy Elin vieram às redes sociais reclamarem da falta de oportunidades

      À deriva. É assim que estão alguns dos ex-BBB’s que acabaram de deixar o reality desta temporada. Em uma série de reportagens, o portal LeoDias revelou que a Globo vem afetando o pós-BBB dos participantes desta temporada. Alguns deles abriram o jogo e expuseram a falta de oportunidades que têm recebido.

      O “adm” de Michel abriu o jogo em um desabafo no X (Antigo Twitter) e revelou que a maioria dos participantes estão com dívidas e “gastando o que não têm” em busca de oportunidades.

      Outra que mostrou sua indignação, sem entrar em muitos detalhes foi Leidy Elin:

      Thalyta também admitiu que todos estão no mesmo “barco”:

      Mesmo com o relacionamento com Letícia Spiller, o jogo não virou para Nizam:

      Luigi também reclamou da falta de oportunidades:

      Até o momento, são poucos os ex-BBB’s que conseguiram alguma parceria comercial. Fernanda, Davi, Beatriz e Pitel chegaram a publicar publis com marcas ligadas ao programa. Fernanda e Pitel assinaram um contrato para apresentar um programa no Multishow.

      Por outro lado, Juninho teve até de voltar ao trabalho de motoboy e Lucas Buda admitiu que não tem recebido muitas sondagens para fechar parcerias comerciais.

      Veja as fotos

      Brazil News
      Brazil News
      Reprodução/ montagem
      Reprodução/ montagem
      Globo
      Globo

      Globo vetando publis 

      A Globo convocou pessoas do “povão”, endividadas e ávidas por ganhar dinheiro, no entanto, agora, após o reality, ela impede os participantes de ganhar dinheiro. A situação foi exposta em um áudio vazado por Fernanda e abriu um debate sobre a forma com a Globo passou a lidar com a exploração comercial dos brothers do BBB 24. Pessoas ouvidas pelo portal LeoDias relataram que ex-participantes têm passado necessidade financeira, alguns chegam a até a “passar fome”.

      Este ano, a TV Globo tomou controle da gerência comercial dos participantes do BBB após o reality. Com isso, por contrato, a emissora impediu que os participantes fizessem publicidades de ao menos 16 segmentos comerciais que envolvem contratos de publicidade fechados pelo reality. Alguns desses segmentos envolvem parcerias com restaurantes e lanchonetes, vestuários, fotógrafos e videomakers.

      As famosas “permutas” também estão proibidas. Para se ter uma ideia, se, por exemplo, um ex-BBB 24 receber uma pizza de graça e postar em suas redes sociais agradecendo o estabelecimento, a TV Globo notifica o participante e o obriga excluir a publicação. As cláusulas contratuais que impedem ex-brothers de fechar parcerias irão perdurar até julho deste ano.

      Segundo pessoas ouvidas por nossa reportagem, alguns ex-participantes têm passado até fome por conta de problemas financeiros pós-reality.

      Ex-BBB’s tiveram de excluir posts com Natália Beauty

      A Globo notificou algumas ex-sisters do BBB 24 a retirarem do ar uma publicidade feita para a marca Natalia Beauty, hoje entre as maiores marcas de beleza da mulher no país. A ordem se fez valer a partir da nova cláusula contratual imposta pelo departamento comercial a todos os participantes da recente temporada, que impede qualquer tipo de publicidade que não seja por meio da emissora. Sendo assim, teve gente apagando até comentário feito na página do Instagram da marca.

      A reportagem do portal LeoDias descobriu que Deniziane, Raquele e Giovanna, por exemplo, tiveram que apagar marcações das redes sociais, incluindo do maquiador, manicure e até do filmmaker que prepararam elas para a grande final. Leidy e Raquele retiraram do ar uma collab (publicação em conjunto).

      Até aqui, os ex-participantes não podem fazer 16 tipos de ação comercial até julho, mês em que se encerrará o contrato de exclusividade com a emissora. Eles estão proibidos de divulgarem marcas de comida, vestuário, maquiagem e outros.

      Tags: