Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian
Chrystian, da dupla com Ralf, morre aos 67 anos Hospital divulga causa da morte do cantor Chrystian

Maya quebra silêncio sobre altos e baixos da transição e promete mostrar a vida real

Em desabafo no Instagram, a influenciadora trans falou das crises de ansiedade que enfrentou nas últimas horas em Cannes

          Em seu primeiro pronunciamento sobre o estado de depressão que enfrentou nas últimas horas, Maya Massafera abriu detalhes sobre sua transição de gênero e disse reconhecer os privilégios durante o todo processo ao longo de mais de 1 ano. Em Cannes para celebrar o novo momento, ela também informou que não pretende resumir sua influência na internet em apenas mostrar looks, mas sim ser referência e trazer reflexões sobre temas dos quais está envolvida.

          Maya ainda disse que ainda aguarda o momento ideal para falar diretamente com seu público, sem restrições, mas que ainda prefere entender melhor tudo que está vivendo. “Para falar a verdade, eu gostaria de ficar mais tempo em off, mas como começou a vazar muitas notícias distorcidas, eu achei melhor vir a público e  enfrentar tudo’, iniciou ela.

          Veja as fotos

          Maya Massafera (Instagram)
          Maya Massafera (Instagram)
          Maya Massafera em sua primeira aparição pública
          Maya Massafera em sua primeira aparição pública
          Maya Massafera (Divulgação)
          Maya Massafera (Divulgação)
          Maya Mazzafera. Reprodução.
          Maya Mazzafera. Reprodução.
          Maya Mazzafera. Reprodução.
          Maya Mazzafera. Reprodução.
          Maya Massafera em Cannes (Reprodução)
          Maya Massafera em CannesMaya Massafera em Cannes (Reprodução)

          A crise de ansiedade, diagnóstico de disforia

          “Hoje quero falar sobre a minha disforia […] Todo mundo tem coisas boas e ruins. Eu, por exemplo, tenho um lado ruim de ‘perdido’ 40 anos em um corpo que não me pertencia. Eu tenho um lado bom de ter feito a minha transição longe de tudo e de todos. Pude me dar esse luxo. Fiquei meses na cama, sem forças, e não sei como faria se não pudesse dar esse tempo de tudo”, explicou.

          “Preciso explicar meu estado de espírito, eu nunca estive tão feliz em toda a minha vida. Eu acordo feliz, sou uma pessoa em estado feliz, depois da transição eu me amo. Converso com meus médicos e psicólogos, entendo que essa minha felicidade é o estado normal da maioria da população. Todo mundo que nasce e se identifica com o corpo que nasceu tem esse estado. Provavelmente, vou me acostumar com o meu gênero, e essa minha felicidade vai se tornar normal, como é pra vocês”.

          Maya afirma que enfrenta momentos mais felizes e às vezes mais tristes […] A disforia começou durante a minha transição […] Às vezes prefiro ficar sozinha e não ser vista por ninguém […] Estou cansada da vida falsa que todos tem no Insta”, concluiu ela, pedindo a compreensão dos seguidores e que em breve voltará para fazer um trabalho de influência da vida real de uma pessoa trans.